Regulamento

27º TORNEIO INTERNACIONAL DE PESCA ESPORTIVA DE GUAÍRA/PR

Centro Náutico Marinas

 

MODALIDADE: PESQUE E SOLTE VIVO

Data: 31 de agosto e 01 de setembro de 2019.

 

1 – DEFINIÇÃO E OBJETIVOS

1.1 –Trata-se de Torneio de Pesca embarcada na modalidade PESQUE E SOLTE VIVO, cujo objetivo principal é apresentar o Município de Guaíra como foco irradiador na região da prática de pesca esportiva no estilo pesque, fotografe, e solte vivo.

1.2 – O Objetivo Principal é desenvolver o turismo de Pesca Esportiva com seriedade, qualidade e técnicas que exigem o segmento, desenvolvendo a consciência ecológica dos pescadores do município e região, e capacitando mão de obra local para o turismo sustentável e da Pesca Esportiva no Rio Paraná e Lago de Itaipu.

 

2 – ORGANIZAÇÃO E DIREÇÃO

2.1 – A organização e direção do evento será de responsabilidade do ASSISTEGUAIRA – Associação Assistencial de Guaíra, com apoio da Prefeitura Municipal.

 

3 – INSCRIÇÕES, KIT, REFEIÇÕES E CAMISETAS.

3.1 – Para participar do Torneio, cada equipe deverá fazer uma inscrição no valor de R$350,00 (trezentos reais) para duplas e de R$ 450,00 (quatrocentos e cinquenta reais) para trios até o dia 27/08/2019 pelo site, ou até o dia do evento 01/09/2019 nos locais credenciados, se houver disponibilidade de inscrições.

3.2 – As inscrições são limitadas a 300 (trezentas) equipes e deverão ser feitas através do preenchimento do formulário próprio, disponível em locais credenciados, de acordo com as instruções divulgadas pelo site oficial do evento, ou pelo site torneiodepesca.guaira.pr.gov.br .

3.2.1 – Cada equipe poderá ser composta por dois ou três pescadores, sendo o primeiro pescador informado considerado o Capitão da Equipe, e o 2º e 3º inscritos denominados Pescador.

3.2.2 – A equipe que fizer inscrição para duplas e for flagrada pescando em três ou mais pescadores será desclassificada e perderá o direito a participar da premiação e sorteio. O mesmo se aplica a equipes inscritas para pescaria em trio que estiverem em número superior a três pescadores no barco.

3.3 – Todas as equipes receberão um Kit contendo sacola para lixo, camisetas do torneio, vales-refeição, adesivo com número da inscrição para identificação no barco e régua para medição dos peixes. Cada membro da equipe terá direito a participar do jantar de confraternização a ser realizado no dia 31/08/2019 e café da manhã no dia 01/09/2019.

3.4 – Cada equipe receberá um número que será utilizado para participação dos sorteios dos prêmios (um número por equipe).

3.5 – O kit será entregue no Centro Náutico Marinas, após a barqueata, a partir das 19h30m do dia 31/08/2019. O Jantar será servido na sequência, a partir das 20h00min.

3.6 – Quem não retirar o kit no dia 31/08/2019, deverá procurar a organização no dia 01/09/2019 antes do café da manhã para a retirada.

3.7 – Terão direito a camiseta do torneio as 200 (duzentas) primeiras equipes que fizerem e pagarem a inscrição até o dia 01/09/2019.

3.8 – Qualquer competidor menor de idade deverá pescar com seu responsável legal na mesma embarcação, ou entregar autorização por escrito assinada pelo responsável legal.

3.9 – Em caso de um dos competidores previamente inscritos não poder participar durante a prova, o mesmo poderá ser substituído, desde que o fato seja comunicado à comissão organizadora antes do início do Torneio.

 

4 – DAS EMBARCAÇÕES, SEGURANÇA E FISCALIZAÇÃO

4.1 – A competição consiste em pesca embarcada utilizando barcos com motor sem limite de potência, devendo a embarcação estar de acordo com as normas e instruções estabelecidas pela Marinha do Brasil.

4.2 – Todos os pilotos deverão ter autorização para navegar, fornecida pela Marinha (arrais amador ou mestre), assim como todo competidor deverá licença de pesca amadora – embarcada.

4.3 – Todos os Competidores, quando em prova, deverão estar em condições de serem fiscalizados, tanto pelo árbitro como pelas autoridades competentes (IBAMA/MARINHA).

4.4 – É obrigatório o uso de coletes salva-vidas durante a navegação. A Comissão Organizadora não se responsabilizará por eventuais acidentes que possam acontecer com competidores, embarcações ou equipamentos que ocorrerem durante o evento, porém poderá prestar auxílio dentro do possível.

4.5 – Para controle da segurança, todos os barcos que forem competir ou trabalhar no reservatório, deverão comunicar ao árbitro, sua saída e seu retorno.

4.6 – Após as 17h00min, caso declarado o não comparecimento de alguma equipe, será acionada a segurança do evento para proceder ao socorro, o qual estará condicionado à realidade do momento.

4.7 – O Árbitro nomeará tantos auxiliares quanto ferem necessários para o bom desempenho da prova e de sua função.

*** Havendo emergências e possibilidade de contato telefônico, solicitamos nos contatar através do telefone: (44) 99854 7784 (João Carlos).

 

5 – DA PROVA, RAIAS, DELIMITAÇÕES E POSTO DE MEDIÇÃO

5.1 – A prova será realizada no dia 01 de setembro de 2019, no Lago de Itaipu e Rio Paraná, com raia aberta a todo reservatório de Itaipu e extensão do Rio Paraná.

5.2 – Será permitido a pesca no PAÍS VIZINHO (PARAGUAI), mas por conta e risco de cada equipe, não responsabilizando os organizadores.

5.3 – A competição terá 1 (um) posto de medição, no Centro Náutico e Recreativo Marinas, local de largada.

5.4 – As equipes participantes deverão, obrigatoriamente, acessar o rio e lago pela rampa principal existente no Centro Náutico e Recreativo Marinas.

5.5 – Caso alguma equipe venha de outro ponto de desembarque, obrigatoriamente deverá se apresentar para o Juiz de prova no Centro Náutico e Recreativo Marinas.

5.6 – Embarcações poderão ser vistoriadas antes e durante a largada.

5.7 – Todos os barcos participantes deverão retornar no final da etapa, sob pena de serem desclassificados caso não retornem até a hora marcada.

 

6 – FOTOS E VÍDEOS

6.1 – Cada equipe deverá apresentar no posto de aferição o máximo de 03 (três) exemplares devidamente fotografados e filmados, para cada uma das categorias (Ver Seção 12 – DAS CATEGORIAS DE PEIXES E SUA HOMOLOGAÇÃO). É obrigação da equipe apresentar somente os 03 (três) exemplares por categoria, com suas respectivas fotos e filmagens de soltura.

6.2 – Procedimentos de foto:
A fotografia deve ser em alta resolução, deve estar nítida e obrigatoriamente enquadrar o peixe inteiro, mostrando claramente o tamanho em centímetros e a identificação da equipe, por meio do crachá que será entregue no dia do torneio, devidamente posicionado na RÉGUA OFICIAL DO EVENTO.

IMPORTANTE:
a) A régua deve estar paralela ao corpo do animal;
b) A extremidade cefálica deve estar encostada na borda da régua (marca de 0 cm);
c) O peixe deve estar com a boca fechada;
d) O dorso do peixe deve estar na parte superior da régua; (não serão aceitos peixes com o dorso na posição inferior);
e) Caso o peixe esteja com a boca parcialmente aberta será descontado 0,5 cm da medição do exemplar;
f) Não será permitida a utilização das mãos sobre o exemplar, de forma que atrapalhe a correta visualização da medida pelo fiscal da prova;

– Ao fazer o registro do exemplar, junto a régua oficial e crachá de identificação após a fotografia, ainda na régua, comece o vídeo da soltura do mesmo. O VIDEO DA SOLTURA É OBRIGATÓRIO. Podendo ser solicitado pela equipe de aferição a seu critério.

3 – Procedimentos de vídeo:
– A filmagem deve ser em alta resolução, deve estar nítida e obrigatoriamente enquadrar o peixe inteiro, mostrando claramente o tamanho, em centímetros, posicionado na RÉGUA OFICIAL DO EVENTO até a soltura do peixe;

– Todas as fotos dos peixes apresentados devem ter o vídeo da soltura, caso seja apresentado a foto sem o vídeo a equipe terá o peixe em questão invalidado, não podendo apresentar outro em seu lugar;

– Os vídeos dos peixes apresentados devem estar isentos de qualquer sinal que indique outras formas de pescar diferente da permitida, sob pena de desclassificação da equipe;

– Cada vídeo de peixe apresentado deve mostrar claramente:
a) A medida do peixe;
b) Estar vivo;
c) Estar em condições de soltura;
d) Sem interrupção a respectiva soltura.

– O peixe deverá ser solto no mesmo local onde foi capturado, logo após a medição.

– Só serão validos peixes com medidas mínimas prevista em Resolução do Ibama.

 

7 – DURAÇÃO E LARGADA

7.1 – A duração da prova será de 07 (sete) horas.

7.2 – A largada no dia 01/09/2019, será às 07h00min, e o término será às 14h00min. A equipe que não chegar ou estiver no visual até as 14h00min, não poderá apresentar as imagens dos seus exemplares.

7.3 – No início da prova será dado um sinal sonoro, assim como no término.

7.4 – Em caso de atraso na largada o término da prova não será alterado.

 

8 – DO MATERIAL PERMITIDO

8.1 – Materiais não utilizados para a pesca ou que não constem nesse regulamento, encontrados na embarcação, serão motivo de desclassificação da equipe.

8.2 – A equipe que for flagrada com redes de lances ou esperas, e outros artifícios não permitidos por este regulamento será sumariamente desclassificada da competição (Ver Seção 11 – DO EXERCÍCIO DA PESCA).

 

9 – DA DISCIPLINA

9.1 – A comissão disciplinar será formada pelos organizadores do evento, sendo eles: um representante do AssisteGuaira, o Árbitro Geral do Torneio, e de mais um dos participantes do evento, sorteado pela comissão organizadora, caso necessário.

9.2 – A comissão disciplinar reserva-se o direito de desclassificar qualquer participante que seja flagrado ou denunciado pela prática de qualquer atitude antidesportiva.

9.3 – Fica vetado aos componentes da equipe:

  1. a) Abordar ou deixar-se abordar por outras embarcações que não sejam as do árbitro ou fiscais do torneio;
    b) Jogar lixo no Rio Paraná, Lago de Itaipu ou em suas margens;
    c) Ingerir bebidas alcoólicas em excesso, caracterizando embriaguez;
    d) Utilizar qualquer material ou equipamento predatórios para a pesca, além dos permitidos para a prova;
    e) Permitir que qualquer pessoa não inscrita no Torneio possa auxiliar de qualquer forma na captura do peixe;
    f) Retirar a embarcação da água e retornar para pesca.

9.4 – Será desclassificada a equipe que:

  1. a) Alterar a medida dos peixes apresentados;
    b) Apresentar para medição mais do que o limite de peixes permitido dentro de cada categoria;
    c) Prejudicar os concorrentes com manobras escusas dentro ou fora do barco;
    d) Manter comportamento não condizente com as regras elementares do convívio social, desacatar ou agredir os demais competidores, as autoridades e o público presente;
    e) Transgredir quaisquer das regras contidas neste regulamento.

 

10 – DAS ATRIBUIÇÕES DO ÁRBITRO E DA FISCALIZAÇÃO

10.1 – Ao Árbitro titular e auxiliares cabe cumprir este regulamento e aplicar as penalidades cabíveis.

10.2 – O Árbitro tem FÉ DE OFÍCIO, independentemente de qualquer testemunha.

10.3 – A arbitragem será da responsabilidade do Árbitro Oficial da prova.

10.4 – Caso uma dupla perceba qualquer irregularidade, a mesma deverá comunicar a arbitragem no final da prova, a qual deverá verificar a veracidade da denúncia, sendo confirmada, aplicará a penalidade ao caso.

 

11 – DO EXERCÍCIO DA PESCA

11.1 – A pesca será exercida dentro dos limites previstos neste regulamento.

11.2 – Modalidade de pesca obrigatória: PESQUE E SOLTE VIVO.

11.3 – Cada pescador poderá utilizar para pesca os seguintes equipamentos:

– Conjuntos de varas com carretilha/molinete/carretilha de fly;

– Varas/caniços de mão;

– Não será permitida a utilização de redes de pesca de qualquer tipo (espera, arrasto, tarrafas e etc.), anzóis de galho, pesca com garateias no estilo lambada, bem como a utilização de apetrechos ou técnicas de pesca proibida por lei.

11.3.1 – Não haverá limite de varas montadas.

11.4 – Será permitida a utilização de iscas artificiais e naturais. Sendo vedada a utilização de qualquer tipo de isca proibida pela legislação, por exemplo a utilização de espécies não nativas como iscas vivas (alevinos de tilápia, carpa e etc.).

11.5 – O puçá poderá ser utilizado por qualquer elemento da equipe para ajudar o companheiro em atuação.

11.6 – A pesca deverá ser exercida com as embarcações numa distância mínima de 50 (cinquenta) metros entre duplas. (Penalização: Desclassificação).

11.7 – A equipe que abandonar a prova, por motivo de força maior, terá seus pontos computados desde que o Árbitro oficial tenha conhecimento.

11.8 – A equipe que abandonar a prova sem autorização do Árbitro Oficial, será desclassificada.

 

12 – DAS CATEGORIAS DE PEIXES E SUA HOMOLOGAÇÃO

12.1 – Este Torneio de Pesca Esportiva será dividido nas seguintes categorias:

 CATEGORIA 1: TUCUNARÉ;

 CATEGORIA 2: DOURADO;

 CATEGORIA 3: PIAPARA, PIAUÇU, PACU, PIAU 3 PINTAS;

CATEGORIA 4: JAU, PINTADO, ARMADO E BARBADO

 

12.1.1 – Toda equipe poderá competir em uma ou mais categorias.

12.2 – Cada equipe poderá apresentar no máximo três (03) fotos e vídeos em cada categoria, sobre os quais se efetuará a somatória de pontos dentro da categoria específica.

12.3 – Para critério de classificação dos concorrentes, só serão aceitos fotos e vídeos com sua medição e soltura dentro das regras especificadas na Seção 6 – FOTOS E VÍDEOS.

12.4 – As fotos e vídeos só serão validados se o pescador permitir que seu barco e equipamentos sejam vistoriados tanto na saída como na chegada, por um dos fiscais subordinados ao árbitro geral do evento.

12.5 – Fica a critério do Árbitro Geral do evento, desclassificar qualquer peixe que apresente marcas de rede ou outro indício que comprove o uso de técnicas de captura não previstas neste regulamento, assim como aqueles que não possuírem condições de serem liberados ao ambiente.

12.6 – Caso uma foto ou vídeo apresentado, for desclassificada pelo Árbitro Geral, não será permitida a sua substituição.

12.7 – Caso haja algum exemplar no viveiro, caixa de térmica ou qualquer local do barco no ato da apresentação das fotos e vídeos, a equipe será desclassificada.

 

13 – DA MEDIÇÃO E PONTUAÇÃO

13.1 – A medição será realizada de 0,5 cm em 0,5 cm (meio em meio centímetro).

13.1.1 – O comprimento do peixe será sempre arredondado para baixo, sendo medido de meio em meio centímetro. Ex: Um peixe em que o comprimento total ficou entre 40 e 40,5 cm, mas não atingiu a faixa de 40,5 será considerado com comprimento de 40 cm e assim sucessivamente.

13.2 – Cada centímetro de peixe corresponderá a 01 (um) ponto.

13.2 – A classificação final de cada categoria será de acordo a maior somatória de pontos. Ex: para peixes apresentados com comprimentos de 40,5 cm, 37 cm e 50 cm o total de pontos será: 127,5 pontos.

13.2 – O primeiro critério para classificação das equipes será o somatório de pontos conquistados na categoria. Caso ocorra empate, o segundo critério de classificação será o maior exemplar apresentado, o terceiro critério será o segundo maior exemplar. Caso persista o empate, o critério final de desempate será a equipe com o pescador inscrito de maior idade.

 

14 – DA PREMIAÇÃO

Serão premiadas as 03 (três) melhores equipes classificadas em cada categoria, como segue abaixo:

CATEGORIA: TUCUNARÉ

1º Colocado – Troféus.

2º Colocado – Troféus.

3º Colocado – Troféus.

 

CATEGORIA: DOURADO

1º Colocado – Troféus.

2º Colocado – Troféus.

3º Colocado – Troféus.

 

CATEGORIA: PIAPARA, PIAUÇU, PACU, PIAU 3 PINTAS

1º Colocado – Troféus.

2º Colocado – Troféus.

3º Colocado – Troféus.

 

CATEGORIA: JAU, PINTADO, ARMADO E BARBADO

1º Colocado – Troféus.

2º Colocado – Troféus.

3º Colocado – Troféus.

 

– 1 (um) Troféu de Maior exemplar capturado em cada categoria.

 

15 – SORTEIOS

15.1 – Após a premiação dos vencedores do torneio, com início previsto às 15h00min do dia 01/09/2019, haverá o sorteio dos prêmios, na seguinte ordem:

 

SORTEIO:

1º Prêmio – 01 Motor 15HP YAMAHA

2º Prêmio – 01 Motor 15HP YAMAHA

3º Prêmio – 01 Motor 15HP YAMAHA

4º Prêmio – 01 Barco de alumínio

5º Prêmio – 01 Barco de alumínio

6º Prêmio – 01 Barco de alumínio

 

SORTEIOS EXTRAS:

01 Barco de alumínio para as equipes que estiverem com a embarcação na água no horário da largada, às 07h00min.

01 Carretinha que será sorteada entre as equipes que participarem da barqueata no dia 31/08/2019.

 

**Durante a entrega das premiações haverá sorteio de brindes.

 

16 – DA BARQUEATA

16.1 – Concentração a partir das 16h00min em frente ao CAM – Centro Administrativo Municipal, na Avenida Thomaz Luiz Zebalos, nº 2000.

16.2 – Para concorrer ao sorteio da carretinha (da barqueata), pelo menos um pescador da equipe deverá participar da Barqueata com sua embarcação que acontecera no dia 31/08/2019 com saída às 17h00min em frente ao CAM.

16.3 – Cada equipe recebera dois números na saída, da barqueata e deverá entregar um número em um determinado ponto no trajeto, que será colocado em uma urna.

16.4 – Somente irão para o sorteio os números que estarão na urna.

 

17 – CONSIDERAÇÕES FINAIS

17.1 – Evitar pescar nas vésperas do evento nos locais da prova, contribuindo assim, para uma melhor ação dos peixes durante a prova.

17.2 – Os participantes autorizam o uso de sua voz e imagem, em qualquer tipo de mídia e peças promocionais relacionadas ao 27º Torneio Internacional de Pesca Esportiva de Guaíra/PR.

17.3 – A cargo da Comissão Organizadora, o programa ou o regulamento poderão ser alterados através de aditivos, desde que em tempo hábil de comunicação aos participantes.

17.4 – Os organizadores e autoridades do evento não se responsabilizam por perdas, roubos, ou quaisquer tipos de danos materiais ou corporais ocorridos com os participantes, acompanhantes e expectadores antes, durante e após o evento.

17.5 – O pescador ou equipe que venha a praticar ato doloso durante a competição terá como pena: advertência ou exclusão dos torneios promovidos pela comissão organizadora deste evento.

17.6 – A equipe ou ganhador responsabiliza-se pela retirada do prêmio após o seu recebimento.

17.7 – A efetivação da inscrição implica em que o participante conheça e concorde com todo o conteúdo deste regulamento.

17.8 – Todos os casos omissos (irregularidades) a este regulamento serão discutidos pela Comissão Disciplinar, para que seja emitido um parecer sobre eventuais desacordos.

 

 Guaíra,17 de Julho de 2019.

Inscreva-se